Colhendo bênçãos

Nem notei, mas já estamos em março de 2011 e  aproveito para contar que leciono há alguns anos e estava esperando me aposentar no próximo ano. Em fevereiro, resolvi ir à sede da secretaria de educação para ter uma ideia exata de quando completaria o tempo exigido.
Na recepção me indicaram a sala onde deveria me informar. Chegando lá, em alguns minutos fiquei sabendo que já poderia ter-me aposentado em juho do ano passado. É que eu não estava a par das normas para aposentadoria no serviço público.
E, mesmo sabendo das normas, ainda não pedi a aposentadoria.
Estou pensando hoje nas bênçãos que deixamos de colher porque não conhecemos as palavras de Jesus, ou nos esquecemos delas: “Pedi e recebereis, batei e abrir-se-vos-á.” E ainda quantas bênçãos deixamos de viver e agradecer porque não as reconhecemos.
O Mestre nos oferece grande fonte de poder – o poder do Senhor – através da oração. Se tão somente orarmos, Ele promete abrir as janelas do céu e derramar sobre nós bênção sem medida. Bênçãos para colhermos e agradecermos.
Estou escolhendo a época mais indicada para pedir a aposentadoria, mas já aviso que não vou me aposentar do blog. Um abraço a todos.